O ateísmo e o problema do mal

Ateus afirmam que a existência do mal e do sofrimento prova que Deus não existe, pois se Deus existisse e fosse realmente bom, ele não permitiria isso. Mas há diversas formas de refutar essa alegação, como a explorada pelo Dr. William Lane Craig, filósofo, teólogo e apologista cristão: “Primeiro, é preciso entender o que o ateu…

Jesus e o problema do mal

Em Lucas 13:1-5, temos o ensinamento mais claro de Jesus sobre o problema do mal: “Naquela ocasião, alguns dos que estavam presentes contaram a Jesus que Pilatos misturara o sangue de alguns galileus com os sacrifícios deles. Jesus respondeu: ‘Vocês pensam que esses galileus eram mais pecadores que todos os outros, por terem sofrido dessa…

Por que Deus permite que coisas ruins aconteçam?

Muitas vezes as pessoas não vão acreditar em Deus, porque elas veem o mundo como um lugar onde muitas coisas ruins acontecem, e, se um deus existisse, ele não permitiria que todas essas coisas continuassem. Vamos encarar: coisas ruins acontecem o tempo todo. Vemos assassinato, roubo, aborto, guerra, racismo, doença, alcoolismo, pornografia, ganância, etc., acontecendo…

O Problema do Mal – William Lane Craig

Pergunta para o Dr. Craig: “O que você pensa sobre o argumento de Epicuro de que, se Deus é Todo-Bom, Onisciente e Onipotente, se Ele sabe sobre as crianças na África que nasceram com AIDS… O que você pensa do fato dEle não intervir, não mudar? Essa é uma questão com a qual tenho sempre…

Refutando um artigo ateísta sobre o Problema do Mal

Vamos refutar agora um artigo ateísta intitulado “A Defesa do Livre-Arbítrio Refutada e a Inexistência de Deus Demonstrada”. É um artigo muito longo. Não vamos perder tempo refutando cada palavra do mesmo. Em vez disso, nos ateremos aos pontos principais, mas você pode, se quiser, ler todo o artigo no link a seguir. https://rebeldiametafisica.wordpress.com/2011/07/08/a-defesa-do-livre-arbitrio-refutada-e-a-inexistencia-de-deus-demonstrada/ O que…

O Problema do Mal – Versão Lógica

Não vamos abordar aqui o problema emocional do mal, mas apenas o lógico. Estas são as premissas do argumento do mal: Se Deus fosse onipotente, destruiria o mal. Se Deus fosse completamente bom, destruiria o mal. Mas o mal não foi destruído. Logo, não pode haver um Deus onipotente e completamente bom. A cosmovisão teísta…